1. Ex-ministro Azeredo Lopes insurge-se contra “assassinato no espaço público”  PÚBLICO
  2. Tancos: MP não atua com base critérios políticos, diz Procuradora-geral da República  ECO Economia Online
  3. Assalto em Tancos. Tancos com nova comissão para saber quem mentiu  PÚBLICO
  4. Tancos. Azeredo Lopes insurge-se contra "assassinato no espaço público"  Diário de Notícias - Lisboa
  5. Ministério Público "não se pauta por critérios políticos"  Jornal de Notícias
  6. Ver cobertura completa no Google Notícias

Lucília Gago garantiu à agência Lusa que o Ministério Público “não se pauta por critérios políticos” e que, no caso da acusação do processo de Tancos, foi simplesmente cumprida a lei.Lucília Gago garantiu à agência Lusa que o Ministério Público “não se pauta por critérios políticos” e que, no caso da acusação do processo de Tancos, foi simplesmente cumprida a lei.

Tancos: MP não atua com base critérios políticos, diz Procuradora-geral da República – ECO

PCP é o único partido que rejeita nova CPI sobre o caso. Tema esteve presente durante quase toda a campanha eleitoral das últimas legislativas e chega passado poucas semanas de ser conhecida a acusação do MPPCP é o único partido que rejeita nova CPI sobre o caso. Tema esteve presente durante quase toda a campanha eleitoral das últimas legislativas e chega passado poucas semanas de ser conhecida a acusação do MP

Expresso | Bloco e PS viabilizam nova comissão de inquérito a Tancos

PCP é o único partido que rejeita nova CPI sobre o caso. Tema esteve presente durante quase toda a campanha eleitoral das últimas legislativas e chega passado poucas semanas de ser conhecida a acusação do MPPCP é o único partido que rejeita nova CPI sobre o caso. Tema esteve presente durante quase toda a campanha eleitoral das últimas legislativas e chega passado poucas semanas de ser conhecida a acusação do MP

Expresso | Bloco e PS viabilizam nova comissão de inquérito a Tancos

Sobre a data em que foi conhecida a acusação de Tancos (durante a campanha para as eleições), a procuradora-geral da República assegurou que o MP não ...Sobre a data em que foi conhecida a acusação de Tancos (durante a campanha para as eleições), a procuradora-geral da República assegurou que o MP não ...

Tancos. Ministério Público não atua com base critérios políticos – Observador

A procuradora-geral da República esclareceu, esta quinta-feira, que o Ministério Público "não se pauta por critérios políticos" e que, no caso da acusação do processo de Tancos, apenas se cumpriu a lei.A procuradora-geral da República esclareceu, esta quinta-feira, que o Ministério Público "não se pauta por critérios políticos" e que, no caso da acusação do processo de Tancos, apenas se cumpriu a lei.

Ministério Público ″não se pauta por critérios políticos″ - JN

O ex-ministro da Defesa é acusado de prevaricação e denegação de justiça, abuso de poder e favorecimento pessoal no inquérito relativo ao furto e recuperação do material de guerra de Tancos. Azeredo Lopes volta a afirmar que está inocente.O ex-ministro da Defesa é acusado de prevaricação e denegação de justiça, abuso de poder e favorecimento pessoal no inquérito relativo ao furto e recuperação do material de guerra de Tancos. Azeredo Lopes volta a afirmar que está inocente.

Tancos. Azeredo Lopes insurge-se contra ″assassinato no espaço público″ - DN

Nove dos 23 arguidos são acusados de planear e executar o furto e os restantes 14, entre os quais o ex-ministro Azeredo Lopes, da encenação que esteve na base da recuperação do equipamentoNove dos 23 arguidos são acusados de planear e executar o furto e os restantes 14, entre os quais o ex-ministro Azeredo Lopes, da encenação que esteve na base da recuperação do equipamento

Expresso | “Não nos pautamos por critérios políticos. Foi cumprida a lei”: a resposta da PGR sobre Tancos

Ex-ministro da Defesa quebra o silêncio e manda nota à Agência Lusa a dizer que está inocente e que as notícias que têm vindo diariamente a público nã...Ex-ministro da Defesa quebra o silêncio e manda nota à Agência Lusa a dizer que está inocente e que as notícias que têm vindo diariamente a público nã...

Tancos. Ex-ministro Azeredo Lopes insurge-se contra “assassinato no espaço público” – Observador

Os partidos foram ouvidos esta quarta-feira na Comissão Permanente sobre o caso de Tancos. PSD e CDS reiteraram as suas dúvidas de que António Costa não tivesse sido informado pelo antigo ministro da DefesaOs partidos foram ouvidos esta quarta-feira na Comissão Permanente sobre o caso de Tancos. PSD e CDS reiteraram as suas dúvidas de que António Costa não tivesse sido informado pelo antigo ministro da Defesa

Tancos: "Governo sabia de tudo desde a primeira hora" | TVI24

Saiba quais são os principais destaques dos jornais desta quinta-feira. 

Hoje é notícia: Caixa penaliza reformados; Estudante sequestrado no Porto

Partidos vão debater o caso de Tancos na Comissão Permanente, esta quarta-feira. O tema que fez aquecer a campanha eleitoral promete criar mais polémica entre os deputadosPartidos vão debater o caso de Tancos na Comissão Permanente, esta quarta-feira. O tema que fez aquecer a campanha eleitoral promete criar mais polémica entre os deputados

Expresso | Polémica sobre Tancos está de volta ao parlamento

"Tenho-me mantido em silêncio, e continuarei em silêncio, porque acredito que a justiça não se confunde com manchetes orientadas para determinados fins"."Tenho-me mantido em silêncio, e continuarei em silêncio, porque acredito que a justiça não se confunde com manchetes orientadas para determinados fins".

SIC Notícias | Azeredo Lopes revolta-se contra "assassinato no espaço público" no caso Tancos

Antigo governante diz que está “absolutamente inocente”Antigo governante diz que está “absolutamente inocente”

Expresso | Ex-ministro Azeredo Lopes insurge-se contra “assassinato no espaço público”

Acusação do MP abriu campanha eleitoral. PSD quer esclarecer se, afinal, o primeiro-ministro António Costa sabia, ou não, que a PJM estava a investiga...Acusação do MP abriu campanha eleitoral. PSD quer esclarecer se, afinal, o primeiro-ministro António Costa sabia, ou não, que a PJM estava a investiga...

Tancos está de volta ao parlamento. PS está disponível para nova comissão de inquérito – Observador

O despacho do Ministério Público sobre o furto e reaparecimento das armas de Tancos foi conhecido em 26 de setembro, em plena campanha eleitoral, sabendo-se que o ex-ministro da Defesa Azeredo Lopes é um dos 23 acusados e a quem são imputados os crimes de abuso de poder, denegação de justiça, prevaricação e favorecimento pessoal praticado por funcionárioO despacho do Ministério Público sobre o furto e reaparecimento das armas de Tancos foi conhecido em 26 de setembro, em plena campanha eleitoral, sabendo-se que o ex-ministro da Defesa Azeredo Lopes é um dos 23 acusados e a quem são imputados os crimes de abuso de poder, denegação de justiça, prevaricação e favorecimento pessoal praticado por funcionário

Expresso | Tancos. Parlamento reúne comissão permanente para debate político sobre o caso