1. O que o Ministério da Educação está a fazer com os professores “é uma vigarice”, diz Mário Nogueira  SAPO 24
  2. Novo dia de protesto nacional dos professores  RTP
  3. Enchente de professores conflui em Évora para exigir melhores condições  Observador
  4. Fenprof aponta para 95% de adesão à greve em Coimbra  Jornal de Notícias
  5. Évora acolhe "enchente" de professores que exigem melhores condições  SIC Notícias
  6. Ver cobertura completa no Google Notícias
Coimbra foi o sétimo distrito a receber a manifestação dos professores por distritos. Cerca de três mil professores responderam à chamada da Fenprof para exigir “respeito” pela profissão....Coimbra foi o sétimo distrito a receber a manifestação dos professores por distritos. Cerca de três mil professores responderam à chamada da Fenprof para exigir “respeito” pela profissão....

24.sapo.pt

Professores das escolas de Évora que aderiram à greve no distrito partiram, a pé, das sedes dos seus agrupamentos em direção à Praça do Giraldo. Exigem melhores condições de trabalho.Professores das escolas de Évora que aderiram à greve no distrito partiram, a pé, das sedes dos seus agrupamentos em direção à Praça do Giraldo. Exigem melhores condições de trabalho.

Enchente de professores conflui em Évora para exigir melhores condições – Observador

Enchente de professores conflui em Évora para exigir melhores condições – Observador

www.rtp.pt

Os professores exigem respeito pela profissão. A TSF ouviu várias histórias de professores que se juntaram ao protesto com uma adesão de 95 por cento, segundo a Fenprof.Os professores exigem respeito pela profissão. A TSF ouviu várias histórias de professores que se juntaram ao protesto com uma adesão de 95 por cento, segundo a Fenprof.

″Coimbra é uma lição também na educação.″ Manifestação junta milhares de professores

Adesão à greve rondou os 95%, a maior de sempre no distrito de Coimbra.Adesão à greve rondou os 95%, a maior de sempre no distrito de Coimbra.

Cerca de três mil professores exigem em Coimbra respeito pela profissão - Sociedade - Correio da Manhã

Greve começou no 16 de janeiro e prolonga-se até dia 8 de fevereiroGreve começou no 16 de janeiro e prolonga-se até dia 8 de fevereiro

Fenprof avisa que "onda de contestação" dos professores vai continuar "a crescer" | TVI Notícias

Mário Nogueira diz que os professores "estão absolutamente disponíveis e nada cansados para lutarem pelos seus direitos" e apela ao Governo que dignifique a profissão. Mário Nogueira diz que os professores "estão absolutamente disponíveis e nada cansados para lutarem pelos seus direitos" e apela ao Governo que dignifique a profissão.

Federação Nacional dos Professores diz que onda de contestação dos professores vai continuar a crescer – Observador

Federação Nacional dos Professores diz que onda de contestação dos professores vai continuar a crescer – Observador

O secretário-geral da Federação Nacional dos Professores (Fenprof), Mário Nogueira, afirma que a adesão à greve esta terça-feira no distrito de Coimbra ronda os 95%, apontando que está "acima dos outros dias todos".O secretário-geral da Federação Nacional dos Professores (Fenprof), Mário Nogueira, afirma que a adesão à greve esta terça-feira no distrito de Coimbra ronda os 95%, apontando que está "acima dos outros dias todos".

Fenprof aponta para 95% de adesão à greve em Coimbra

static.globalnoticias.pt

Os Diários de Coimbra, Aveiro, Viseu e Leiria são os jornais diários regionais mais lidos do país. Publicam notícias dos seus distritos e região das Beiras.Os professores manifestaram-se em várias escolas da cidade de Coimbra, como fio o caso da Escola Martim de Freitas, da Escola Secundária José Falcão  e da Escola Infanta D. Maria, onde se juntaram Docentes concentraram-se, logo pela manhã, junto às escolas, por entre cânticos e palavras de ...

Manifestações esta manhã em várias escolas da cidade (com vídeo)

Os Diários de Coimbra, Aveiro, Viseu e Leiria são os jornais diários regionais mais lidos do país. Publicam notícias dos seus distritos e região das Beiras.“Respeito”, “Dignidade” e “Bas­ta” foram as palavras de ordem de todos os professores que saíram à rua ontem em protesto pelas condições precárias em que muitos docentes lecionam de norte a sul do país. Com o filho ao colo, Cristela Rodrigues, professora há qua­se 20 anos, junto...

Professores não desistem e saem à rua em protesto

Fenprof afirma que greve no distrito teve uma adesão superior a 90%. Mário Nogueira refere que professores estão cansados de não serem respeitados. Fenprof afirma que greve no distrito teve uma adesão superior a 90%. Mário Nogueira refere que professores estão cansados de não serem respeitados.

Manifestação de professores enche Praça 8 de maio | RUC

Attention Required! | Cloudflare

Os professores do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital voltaram hoje a aderir à greve e as escolas da sede do Agrupamento foram as mais afectada. EOs professores do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital voltaram hoje a aderir à greve e as escolas da sede do Agrupamento foram as mais afectada. E

Greve dos professores em Oliveira do Hospital encerra escolas da sede do Agrupamento - Correio da Beira Serra

A Greve nacional por distritos chegou a Évora, onde a adesão dos professores rondou os 90%. Segundo, Francisco Gonçalves, secretário-geral adjunto da Fenprof, os docentes têm vindo a surpreender de distrito para distrito. Professores e educadores concentraram-se na Praça do Giraldo, onde m

DianaFM » Greve de professores no distrito de Évora com ronda os 90% de adesão

sicnoticias.pt

Os docentes do Agrupamento de Escolas Martim de Freitas e da Escola Secundária José Falcão manifestaram-se ontem de manhã à entrada dos respetivos estabele

Diário As Beiras – Governo tem de ouvir (mais) os professores

Greve por distritos decorre esta terça-feira em Coimbra. Nogueira antevê níveis de adesão de 90%, superiores aos registados na segunda-feira em Castelo Branco.Greve por distritos decorre esta terça-feira em Coimbra. Nogueira antevê níveis de adesão de 90%, superiores aos registados na segunda-feira em Castelo Branco.

Fenprof diz que “onda de contestação” dos professores vai continuar a crescer | Educação | PÚBLICO

Com nove organizações sindicais envolvidas, esta greve começou no 16 de janeiro e prolonga-se até dia 08 de fevereiro, de modo a passar por todos os distritos do país.

“Ou o Governo respeita os professores ou a luta vai continuar pois ninguém consegue parar uma onda destas” - Postal do Algarve

Convocada por oito organizações sindicais, a Greve avança a 24 de janeiro nas escolas e jardins de infância do distrito de Coimbra, prevendo-se que seja muito eConvocada por oito organizações sindicais, a Greve avança a 24 de janeiro nas escolas e jardins de infância do distrito de Coimbra, prevendo-se que seja muito e

Professores: Três marchas em Coimbra confluem amanhã na Praça 8 de Maio - CGTP-IN

Cerca de três mil professores, segundo números da polícia, manifestaram-se, hoje (24), em Coimbra para dizer “basta” e exigir respeito por uma profissão que dizem ser desconsiderada há anos, deixando a promessa de que “a luta continua”. “Não pedimos, exigimos respeito”, lia-se no cartaz empunhado por Helena Amado, uma professora de 51 anos, que disseCerca de três mil professores, segundo números da polícia, manifestaram-se, hoje (24), em Coimbra para dizer “basta” e exigir respeito por uma profissão que dizem ser desconsiderada há anos, deixando a promessa de que “a luta continua”. “Não pedimos, exigimos respeito”, lia-se no cartaz empunhado por Helena Amado, uma professora de 51 anos, que disse

Cerca de três mil professores exigem em Coimbra respeito pela profissão - Campeão das Províncias

sicnoticias.pt

Segundo a Fenprof, três marchas vão confluir na Praça 8 de Maio, em Coimbra.  

Luta dos professores avança para Coimbra na terça-feira

sicnoticias.pt

Attention Required! | Cloudflare

Jornal da Madeira, O seu jornal da MadeiraO secretário-geral da Federação Nacional dos Professores (Fenprof) avisou hoje que está criada “uma onda de contestação” que continuará a crescer se o Governo não valorizar a classe docente.

Fenprof diz que onda de contestação dos professores vai continuar a crescer

sicnoticias.pt

Adesão à greve rondou os 95%, a maior de sempre no distrito de Coimbra.Adesão à greve rondou os 95%, a maior de sempre no distrito de Coimbra.

Cerca de três mil professores exigem em Coimbra respeito pela profissão - Atualidade - Correio da Manhã

sicnoticias.pt

sicnoticias.pt